somos-sobe-53-na-bolsa-apos-ser-comprada-pela-kroton-1200x518.jpg

Novo secretário de ciência, Wizard apoia hidroxicloroquina preventiva

1 de junho de 2020 Mercado

Rodoviário - O empresário Carlos Wizard Martins, dono do grupo Sforza, holding que reúne 20 empresas, acaba de retornar de um ano sabático. Nesse período, Wizard e sua esposa se envolveram em um esforço humanitário em Roraima para socorrer refugiados venezuelanos. O casal ajudou mais de 12 mil pessoas a se estabelecer nas regiões Sul e Sudeste do País, aliviando os efeitos da crise migratória na fronteira. 

Aéreo - Durante a missão, o empresário trabalhou junto com o General Eduardo Pazuello, que, há duas semanas, assumiu interinamente o Ministério da Saúde, após a breve passagem de Nelson Teich pela pasta. “Assim que assumiu, o general me telefonou dizendo que precisava da minha colaboração”, afirmou Wizard, em conversa pelo aplicativo Zoom, de Brasília. “Encarei como uma continuidade da minha missão humanitária.”

Contato D-Log - O empresário acaba de assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos em Saúde (SCTIE) do Ministério da Saúde. Entre outras funções, o órgão é responsável pela compra de vacinas e remédios para o novo coronavírus e também de respiradores. Seu trabalho será o de coordenar os esforços de combate à covid-19 e agregar a eficiência privada ao mundo governamental. “Com a minha experiência em negociação, em apenas uma compra, já economizei 100 milhões de reais do orçamento”, enaltece Wizard. 

Serviços - Ele se refere a um pedido de 10 milhões de testes para covid-19 encomendados de uma empresa chinesa, com sede em Shangai. O valor até então praticado nas compras do ministério era de 37 reais cada, de acordo com o empresário. Wizard já atuava como conselheiro do ministério desde o final de maio e já vinha se reunindo com a equipe do ministro interino

Transporte de Carga Aérea - “Consegui um bom contato em Shangai, de uma empresa séria e aprovada pela Anvisa”, relata o empresário. Me venderam os mesmos testes por 27 reais”. Outra iniciativa tomada antes mesmo de assumir o cargo foi a de limitar o valor pago por respiradores a 10 mil reais. Segundo Wizard, havia grande variação de preços sendo praticados, de 5 mil a 30 mil reais. “A vantagem de colocar um teto foi que eliminamos boa parte dos fornecedores estrangeiros e fomentamos a indústria nacional”, afirma. “Hoje, os fabricantes brasileiros conseguem nos fornecer 5 mil respiradores por mês”. 

A solução hidroxicloroquina

Dietrich Logistics - Para o empresário, não existe polêmica em relação ao uso da hidroxicloroquina, considerada insegura para o tratamento da covid-19 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “Existem centenas de estudos atestando a sua eficácia”, diz Wizard. Seu esforço no ministério será o de disponibilizar ao máximo o remédio para a população, inclusive preventivamente. 

Road Transportation - Como modelo, Wizard cita a cidade de Porto Feliz, no interior de São Paulo. O prefeito da cidade, Cássio Habice Prado, do PTB, criou um “kit covid”, que contém um coquetel formado por hidroxicloroquina, azitromicina, enoxaparina, remédio para enjoo e anti-inflamatório. O município tem feito medições de temperatura em seus cidadãos e distribuído o kit para pessoas com sintomas iniciais da doença. “O uso preventivo da hidroxicloroquina, combinado com esses outros medicamentos, pode salvar vidas”, afirma o empresário. 

Aéreo - Apesar de evitar falar em polêmica sobre o medicamento, o uso da hidroxicloroquina para o tratamento da covid-19 está longe de ser um consenso. França, Itália e Bélgica, por exemplo, se mobilizam para interromper o tratamento, devido a dúvidas sobre segurança do remédio, que, originalmente, é usado contra a malária. Os três países, que estão entre os mais afetados pela doença, seguem diretriz da OMS, que interrompeu um grande teste de hidroxicloroquina por questões de segurança.  

Serviços - Por outro lado, um grupo de 120 pesquisadores e médicos de diversos países contestou, em carta aberta, o estudo utilizado pela OMS para suspender os testes. Se depender de Wizard, a visão mais favorável ao remédio vai prevalecer. 

Pretensões políticas 

Transporte de Carga Aérea - A entrada no governo, no entanto, não indica vontade de se candidatar. “Não tenho pretensões políticas”, afirma o empresário. Ele foi convidado pelo governador de São Paulo, João Dória, de quem é amigo, para disputar a prefeitura de Campinas, onde mora. Mas, declinou o convite. Dória é, atualmente, um dos principais adversários políticos do presidente Jair Bolsonaro. 

D-Log conquista selo de Eficiência Logística - Sobre atuar no setor público, com mentalidade de empresário, Wizard afirma que está encarando o trabalho como uma continuidade da sua atuação filantrópica. “Quando o general me ligou, eu impus apenas uma condição: que eu pudesse atuar pro-bono”, diz ele. “Espero cumprir minha missão”. 

Fonte: https://exame.com/brasil/novo-secretario-de-ciencia-wizard-apoia-hidroxicloroquina-preventiva/


AGENTE DE CARGA INTERNACIONALAGENTE INTERNACIONALOPERADOR LOGÍSTICO DE CARGA
OPERADOR MULTIMODALTRANSPORTE DE CARGA AÉREAOPERADOR LOGÍSTICO NO BRASILOTM OPERADOR DE TRANSPORTE MULTIMODAL



D-LOG BRASIL

Rua Nova Jerusalém, 78 - Tatuapé
03410-000 - São Paulo-SP
comercial@dlogbr.com
+55 11 3634-2300

FACEBOOK