NS_2155.jpg

Segundo dia de Intermodal debate multimodalidade e redução de custos logísticos

11 de abril de 2017 0Intermodal 2017Notícias

Mantendo a tradição de reunir as principais autoridades e especialistas no setor, a Intermodal South America, o maior evento de logística, transporte de cargas e comércio exterior da América Latina, promoveu, pelo segundo dia consecutivo, o encontro de representantes dos setores público e privado para debater diversos temas relacionados ao mercado. Nesta quarta-feira, 5, o destaque foi a conferência “Multimodalidade e Diminuição de Custos Logísticos”.

O painel “Novos desafios do setor portuário: alterações dos marcos regulatórios e os impactos para o desempenho do setor” contou com a presença das principais autoridades do segmento portuário nacional. Entre elas, o presidente da Associação Brasileira dos Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA), Bayard Umbuzeiro, que destacou a importância das alterações pleiteadas na regulamentação dos portos. “As alterações propostas no decreto 8.033, como o aumento dos prazos de arrendamentos e a desburocratização das prorrogações, irão impactar diretamente na diminuição da burocracia e em uma regulamentação e segurança jurídica mais sólidas” As negociações para a revisão do marco regulatório dos portos foi iniciada pelas entidades que representam o segmento e está em análise na Casa Civil.

A questão dos arrendamentos de terminais portuários também foi destacada pelo presidente do Porto de Santos, José Alex Oliva, que defendeu que “50% do dinheiro arrecadado com os arrendamentos portuários seja para investimentos na infraestrutura como um todo”.

Já o diretor geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, ressaltou a necessidade de investimentos em projetos de ferrovias. “A renovação dos contratos das concessionárias vai gerar um aumento de produção imediato e investimentos reais nas ferrovias brasileiras. Estamos trabalhando para que isso aconteça o mais breve possível”.

Quem também argumentou sobre as malhas ferroviárias, especificamente as destinadas ao Porto de Santos, foi o diretor geral da ANTAQ, Adalberto Tokarski. “Um desafio é a viabilização de novas linhas ferroviárias para o Porto de Santos para que, em um futuro próximo, 90% das cargas que chegam ao cais santista sejam transportadas pelo modal”, finalizou.

Fonte: Intermodal

 

A D-Log atua a mais de 20 anos com exportação e importação. Somos um operador multimodaloperador logístico, agente de carga nacional e agente de carga internacional com o expertise na área de Transporte Aéreo, Rodoviário, Marítimo e Desembaraço Aduaneiro. Atuamos em São Paulo, Rio Grande do Sul, Santos e em todo o Brasil, além de diversos países em todos os continentes.


AGENTE DE CARGA INTERNACIONALAGENTE INTERNACIONALOPERADOR LOGÍSTICO DE CARGA
OPERADOR MULTIMODALTRANSPORTE DE CARGA AÉREAOPERADOR LOGÍSTICO NO BRASILOTM OPERADOR DE TRANSPORTE MULTIMODAL



D-LOG BRASIL

Rua Nova Jerusalém, 78 - Tatuapé
03410-000 - São Paulo-SP
comercial@dlogbr.com
+55 11 3634-2300

FACEBOOK