somos-sobe-53-na-bolsa-apos-ser-comprada-pela-kroton-1200x518.jpg

Marcha das Mulheres tem luta contra o feminicídio como bandeira

9 de março de 2019 0Mercado

Empresa de Logística em São Paulo - A luta contra o feminicídio é um dos temas principais da Marcha das Mulheres no Distrito Federal, que tem como lema “Pela vida de todas as mulheres, resistiremos!”. O ato deste ano foi organizado em formato de cortejo. Cada uma das 14 alas representava um grupo específico. Entre eles: Mulheres do Axé, Movimento de Mulheres Negras, LesBiTrans — de mulheres LGBT — e Feminismo Popular.

Transporte Aéreo de Animais - “As mulheres estão sofrendo, mas comemoramos, estarmos vivas. Não abaixaremos a cabeça”, diz Hellen Frida, uma das organizadoras, representando a Casa Frida, espaço cultural localizado em São Sebastião, a 22 Km do centro da capital.

News - No ano passado, 53 assassinatos de mulheres foram classificados como feminicídio pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, mais do que o dobro registrado em 2017: 24 casos. Segundo o ministério, houve 7.036 tentativas de feminicídio em 2018 – 2,5 vezes a mais do que no ano anterior: 2.749.

Companhia - A concentração começou às 16h em frente à rodoviária de Brasília, no centro da cidade, na Esplanada dos Ministérios. A marcha começou por volta das 19h. Mulheres de todas as idades, das mais diversas partes do DF estavam presentes. Parlamentares federais e distritais também participaram do ato.

Homenagem

Selo Infraero - A dona de casa Cleudiane Ferreira, 40 anos, era uma das mulheres no ato. Em um dos braços, ela carregava o filho menor. A mais velha, puxava a barra da blusa: “Vamos mãe”. Cleudiane confessa que trouxe as crianças porque não tinha com quem deixá-las, mas fazia questão de estar presente. “Hoje é nosso dia. Temos que lutar por nossos direitos”, diz.

Air Freight - A vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), cujo assassinato completa um ano sem solução no dia 14, foi homenageada. “É um crime não solucionado que fez com que a gente entendesse a importância de ocupar esses espaços, a importância de termos mais mulheres como ela ocupando mais cadeiras de poder”, diz a publicitária Carola Oliveira, de 35 anos.

Serviços - Entoando gritos como “Nenhuma a menos, vivas nos queremos” e “Juntas somos gigantes”, o grupo se aproximou do Congresso Nacional. O cortejo teve que virar uma rua antes da alameda das bandeiras dos estados brasileiros, mais próxima do Congresso. Geralmente, as manifestações vão até esse ponto. Segundo a Polícia Militar do DF, isso ocorreu para que o trânsito não fosse prejudicado.

Sea Freight - De acordo com a Polícia Militar, a marcha contou com cerca de 1 mil pessoas. A organização estimou a presença de 5.000 mulheres.

Operador Multimodal - As manifestações ocorrem em pelo menos 45 cidades brasileiras, incluindo 17 capitais, para marcar o Dia Internacional da Mulher. Os atos da Marcha Mundial das Mulheres defendem o fim da violência, o respeito aos direitos civis e direitos reprodutivos e sexuais.

São Paulo

Parceiros - Na maior cidade brasileira, a concentração para o ato começou às 16h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo, na Avenida Paulista. A caminhada saiu por volta das 18h30 até a Praça Roosevelt, com a participação de movimentos sociais, partidos, centrais sindicais, organizações e coletivos.

Customs Clearance - A manifestação pediu o fim da violência contra a mulher e lembrou o assassinato da vereadora Marielle Franco. Os manifestantes carregaram cartazes com fotos da vereadora.

Selo Infraero - Integrante do Movimento Negro Unificado, Luka Franca destacou o aumento da violência contra as mulheres. “Nos últimos meses, a gente vê um aumento de feminicídio, seja de mulheres trans e em especial de mulheres negras no nosso país, que já era gigantesco”, disse.

Aéreo - As mortes qualificadas como feminicídio em São Paulo aumentaram 12,9% em 2018 na comparação com o ano anterior, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo. Foram registrados 148 assassinatos no ano passado e 131 em 2017. O homicídio qualificado como feminicídio foi definido pela Lei nº 13.104 de 2015, que estabelece penas maiores para os casos em que o assassinato é motivado pelo fato da vítima ser mulher.

Machismo

Operador Multimodal - O feminicídio corresponde a 27% do total de homicídios dolosos de mulheres no estado de São Paulo, que somaram 548 casos em 2018. Desde que a lei foi instituída, a morte de mulheres por feminicídio tem aumentado.

Selo Infraero - Moradora do remanescente de quilombo de Barra do Turvo, Alana Cristina Pereira dos Santos participou pela primeira vez do ato na cidade de São Paulo. “O ato é importante por causa dessa violência toda contra as mulheres e contra a reforma da previdência. A sociedade está precisando abrir os olhos para isso”, disse Alana.

Contato D-Log - A Marcha Mundial das Mulheres, organizadora do ato, criticou a proposta de reforma da Previdência. “A reforma da previdência é um ponto chave para nós, mas estamos também na rua contra o machismo, contra o racismo, contra a violência, que tem aumentado no Brasil”, disse Sonia Coelho, integrante da Marcha Mundial das Mulheres.

Rio

Sea Freight - No Rio de Janeiro, a concentração para a passeata começou às 16h, junto à Igreja da Candelária, reunindo grupos feministas, lideranças estudantis e representações sindicais. Os manifestantes, na maioria mulheres, entraram na Avenida Rio Branco às 18h, rumo à Cinelândia, tradicional ponto de atos políticos no centro da cidade.

Operador Logístico Multimodal - Cartazes e faixas traziam reivindicações como liberdade de parto, a favor do aborto, contra a violência e pela igualdade de direitos. Também estampavam o nome e o rosto da vereadora Marielle Franco. Por causa da manifestação, o trânsito teve que ser desviado por vias alternativas, causando engarrafamentos, mas sem maiores repercussões.

Road Transportation -

Fonte: http://exame.abril.com.br/brasil/marcha-das-mulheres-tem-luta-contra-o-feminicidio-como-bandeira/


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

AGENTE DE CARGA INTERNACIONALAGENTE INTERNACIONALOPERADOR LOGÍSTICO DE CARGA
OPERADOR MULTIMODALTRANSPORTE DE CARGA AÉREAOPERADOR LOGÍSTICO NO BRASILOTM OPERADOR DE TRANSPORTE MULTIMODAL



D-LOG BRASIL

Rua Nova Jerusalém, 78 - Tatuapé
03410-000 - São Paulo-SP
comercial@dlogbr.com
+55 11 3634-2300

FACEBOOK